• CPEFEm outubro, o Centro de Pesquisa e Formação do Sesc São Paulo traz a palestra “Tradução: exigências e traições”, com o jornalista Newton Cunha.

    O evento aborda o significado, a necessidade e os critérios possíveis do trabalho de tradução.

    Sobre o autor – Newton Cunha foi animador e programador cultural do SESC São Paulo entre 1972 e 2007. Graduado em jornalismo pela ECA-USP e pós-graduado em filosofia pela PUC-SP, estudou na Sorbonne-Paris sob orientação do sociólogo Joffre Dumazedier. São obras de sua autoria: A Felicidade Imaginada (as relações entre os tempos de trabalho e de lazer), Ed. Brasiliense, 1987; Dicionário SESC, a Linguagem da Cultura, Ed. Perspectiva, 2003. Publicou também os seguintes ensaios, em obras coletivas: Cultura Contemporânea, Cidadania do Medo in “Ética e Cultura”, Perspectiva, Coleção Debates, 2005; Ação e Animação Culturais in “Cadernos Temáticos do Conselho Regional de Psicologia”, nº 5, 2007; Filosofia e Surrealismo – A Insuficiência da Realidade in “Surrealismo”, Perspectiva, Coleção Stylus, 2008. Tradutor das seguintes obras, na editora Perspectiva: Ética contra Estética, de Amélia Valcárcel; Diderot, o Enciclopedista, em três volumes, com os textos do autor para a “Encyclopédie”; Descartes, Obras Selecionadas; O Teatro Espanhol do Século de Ouro (1º volume, Juan Del Enzina); A Música Grega, de Thédodore Reinach.

    As inscrições podem ser feitas pelo Portal Sesc ou nas unidades do Sesc do Estado de São Paulo.

    Mais informações: http://www.facebook.com/CentrodePesquisaeFormacao.