Olga Prault de Menezes Doria, primeira tradutora pública de São Paulo habilitada nos idiomas italiano, inglês, espanhol e francês, que assumiu a presidência em uma época de grandes dificuldades para a Associação.