(11) 3159-3636, de segunda a sexta-feira, das 10h às 16h|sedesecretaria@atpiesp.org.br
Você está em:» ATPIESP, 55 anos de esforços em defesa do Tradutor Público

ATPIESP, 55 anos de esforços em defesa do Tradutor Público

Por Waldtraut Ursula Edelgard Rose,
Presidente da ATPIESP de 1987 a 1999.

Nossa querida ATPIESP está comemorando 55 anos! Como toda organização séria, cabe a nós também fazer uma retrospectiva deste mais de meio século de ação em defesa do nosso ofício, que tem uma tradição de milênios.
Não participei de sua fundação, mas subi a bordo alguns anos depois. Sempre foi tudo muito simples e de intenções boas e claras: as reuniões nos escritórios dos respectivos presidentes (estávamos longe ainda de termos uma sede própria), o contato com a JUCESP e outras organizações da área, o Ipsis Litteris na sua versão ainda muito rudimentar…

No decorrer dos anos, observamos as mudanças que foram ocorrendo à nossa volta e nos afetaram direta ou indiretamente: na nossa profissão, nas leis, as passagens de poder, a vinda da globalização, e de todas estas tecnologias que estão aí. A tecnologia revolucionou o mundo como nós o conhecíamos. Entendo que ofereça muito mais informação e muito mais facilidade em obtê-la do que no meu tempo, em que íamos pesquisar em bibliotecas e mergulhávamos em pilhas de livros e enciclopédias… Para os jovens é tudo tão óbvio, para nós, nem tanto. Reconheço que a tecnologia traz muitos benefício. E também uma forma nova de enxergar e lidar com o mundo. Aconteceu tudo muito rápido! Quem ainda está na profissão tem que se manter flexível para não perder o bonde (perdoem-me o ranço da expressão, mas eu ainda andei muito de bonde!).

Prestei o concurso em 1979. O seguinte só foi realizado em 1999 e não sabemos quando será próximo. Eu acredito que esta lacuna de 20 anos, em que ainda não havia e-mail, Internet, celular, fez com que “os antigos” se aproximassem de uma forma muito especial. Mais do que colegas, sempre fomos amigos. Talvez alguns ainda se lembrem dos nossos encontros mensais, o Cantinho do Tradutor. Nós nos encontrávamos e conversávamos – muito! – sobre coisas da profissão, mas também sobre nossas vidas, nossos interesses. Tenho estes encontros guardados com muito carinho na minha memória e no meu coração. Poder estar juntos, ouvir e falar pessoalmente, isto é muito especial!

Pessoalmente, tive a felicidade de ser eleita e reeleita presidente por um total de 12 anos. Antes, durante e depois dos meus mandatos, a ATPIESP sempre teve um papel preponderante para mim. Com meus 92 anos já não trabalho mais, mas continuo a me interessar (e muito!) por tudo que diz respeito ao ofício e a esta associação que vi crescer e pela qual tenho tanto carinho.

Depois de anos de procura e inúmeras visitas a imóveis, de muito esforço e muita economia (não podemos nos esquecer das décadas de inflação galopante!), conseguimos finalmente achar e comprar a sede própria à Rua Pará, 76 – conjunto 33, no bairro de Higienópolis. Um canto para chamar de nosso!

Os meus votos à aniversariante são que a ela continue desempenhando seu papel e consiga, cada vez mais, estreitar os laços com nossos colegas para além do nosso espaço mais restrito. E que possa contar com o autêntico e contínuo engajamento de todos.

03/2018|