• CAIXA CULTURAL SÃO PAULO MOSTRA A DIVINA COMÉDIA NA VISÃO DE DALÍ

    O diálogo entre artes visuais e literatura presente nas obras do mestre do surrealismo Salvador Dalí, inspiradas no livro de Dante Alighieri

    A CAIXA Cultural São Paulo inaugura, no dia 31 de agosto, a exposição “Dalí: A Divina Comédia”. A mostra, que fica em cartaz até 27 de outubro, reúne 100 gravuras do pintor surrealista Salvador Dalí (1904 – 1989), inspiradas em uma das maiores obras da literatura mundial, a Divina Comédia, do poeta italiano Dante Alighieri. Com patrocínio da Caixa Econômica Federal, a mostra já passou pelas Caixas Culturais do Rio de Janeiro, Curitiba e Recife e, depois da capital paulista, segue em dezembro para Salvador.

    Dalí criou uma centena de aquarelas, entre 1950 e 1960, para governo italiano, pelas comemorações dos 700 anos do nascimento de Dante. Com a colaboração dos editores Joseph Foret e Jean Estrade, no atelier deste último, foram impressos alguns conjuntos de cem gravuras da obra de Dalí, depois apresentados em Paris, em momentos diferentes, nomeadamente, em 1960, o “Inferno”; em 1962, o “Purgatório” e em 1964, o “Paraíso”.

    As gravuras de Dalí percorrem a viagem imaginária de Dante, desde os círculos infernais, acompanhado por Virgílio, até o centro da terra, onde encontra Lúcifer. Depois, regressando à superfície terrestre, sobe a montanha do purgatório para, guiado pela sua amada Beatriz, ser admitido no paraíso.

    As cem imagens que ilustram, um a um, os cantos do poema épico de Dante são provenientes de uma coleção privada da Espanha. Este acervo de gravuras pretende conduzir o público a uma viagem do inferno ao paraíso na visão desse grande artista universal catalão.

    Salvador Dalí

    Nascido na Espanha, na cidade de Figueres, região da Catalunha, em 11 de maio de 1904, o pintor Salvador Domingo Felipe Jacinto Dalí i Domènech é considerado um dos maiores representantes do surrealismo. Admirador da arte renascentista, Dalí criou um estilo pessoal, reconhecido por sua imaginação excêntrica. Falecido em 23 de janeiro de 1989, produziu cerca de 1.500 pinturas durante sua carreira; inúmeras ilustrações para livros; litografias; desenhos de conjunto; fantasias e um número considerável de desenhos, esculturas e projetos paralelos, para fotografia e cinema.

    Serviço:

    Exposição – Dalí: A Divina Comédia

    Abertura para convidados e imprensa: 31 de agosto de 2013 (sábado), às 11h

    Visitação: de 31 de agosto a 27 de outubro de 2013 (de terça-feira a domingo)

    Horário: das 9h às 19h

    Local: CAIXA Cultural São Paulo

    Endereço: Praça da Sé, 111 – Centro

    Informações, agendamento de visitas mediadas e translado (ônibus) para escolas públicas: (11) 3321-4400

    Entrada franca

    Classificação indicativa: não recomendado para menores de 12 anos

    Acesso para pessoas com deficiência

    Patrocínio: Caixa Econômica Federal e Governo Federal

    Fonte: http://www1.caixa.gov.br/imprensa/noticias/asp/popup_box.asp?codigo=7013115#